terça-feira, 4 de março de 2008

Estreantes: Quem será o destaque do ano?

Embora já tenham participado de pelo menos uma corrida de Fórmula 1, Kazuki Nakajima e Timo Glock farão em 2008 a primeira temporada completa de suas carreiras. Sendo assim, podemos dizer que estão no grupo dos estreantes, ao lado de Nelson Ângelo Piquet e Sébastien Bourdais.

O quarteto de novatos dificilmente conseguirá repetir a façanha de Lewis Hamilton no ano de estréia na categoria. No entanto, cada um carrega boas esperanças de sucesso para suas nações.

No caso do brasileiro, trata-se do filho de um tricampeão mundial que, independentemente do sobrenome de peso, construiu um currículo vitorioso nas escolas de base, com direito ao papel de grande adversário de Hamilton na GP2. A princípio, pouco importa se irá trabalhar em função de Fernando Alonso na Renault. O que a torcida tupiniquim deseja é vê-lo constantemente colado na caixa de câmbio do espanhol. E se por acaso bater o bicampeão? Melhor ainda!

Pelos lados da Williams, o japonês Kazuki tenta mostrar que a família Nakajima também gera bons frutos. Com um carro eficiente, tem ainda a oportunidade de somar importantes pontos e quem sabe andar na frente do veloz companheiro de equipe, Nico Rosberg.

Na Toyota, Timo Glock é um alemão em busca de maior destaque na competição. Bom piloto, fez por merecer um cockpit ao conquistar o título da GP2 em 2007. Cabe a ele, agora, lutar para permanecer na categoria, o que em outras palavras significa derrotar Jarno Trulli e andar no limite com o carro da montadora nipônica.

A França, por sua vez, volta a alinhar no grid para um campeonato completo após quatro anos de jejum. E para a alegria do país, o novo representante demonstra ter um forte potencial, além de quatro títulos conquistados na Champ Car. Bourdais, contudo, dividirá as atenções da Toro Rosso com o talentoso Sebastian Vettel, a quem muitos já chamam de o novo Schumacher. Vencê-lo então será mais que um desafio, praticamente uma vitória.

Qual dos quatro estreantes se destacará mais ao longo do torneio? A princípio, considerando todos os contextos, Nakajima pode ser apontado como o favorito a somar o maior número de pontos, graças ao belo monoposto projetado pela Williams. O mesmo vale para o quesito proximidade em relação ao companheiro de equipe, embora neste item Bourdais também tenha causado boas impressões nos testes de inverno.

Em um possível ranking de desempenho dos novatos, apostaria no seguinte resultado: Bourdais > Nakajima > Piquet > Glock. E você, o que acha?

3 comentários:

Flavio Soares disse...

Vai ser difícil o Nelsinho colocar tempo no Alonso. Mas acho que termina o ano na frente do Nakajima. Pelo menos isso.

Francisco disse...

O único que deve levar alguma vantagem sobre o companheiro de equipe é o Glock. O resto está em situação bem complicada.

Luis Felipe disse...

Não sei ainda o que esperar do Piquet. Estava confiante no início, mas os testes da pré-temporada me deixaram com um pé atrás. Torço para que ande bem e tenha, um dia, chance de brigar por vitórias.