quinta-feira, 13 de março de 2008

Começou do jeito que terminou

Ferrari e McLaren, Kimi Raikkonen e Lewis Hamilton. Na seqüência, Felipe Massa e Heikki Kovalainen. Até aí tudo normal, as duas grandes equipes da Fórmula 1 confirmando a superioridade sobre as rivais logo no primeiro treino livre da temporada 2008.

No entanto, impressionou a vantagem de ambas para o restante do grid. Nada menos do que 1s899 entre o atual campeão e Fernando Alonso, o sexto colocado com a Renault. O quinto lugar de Mark Webber não conta, já que foi obtido com pneu macio.

Teremos um bom panorama do novo quadro de forças somente amanhã, na terceira sessão de treinamento. Mas já pudemos observar alguns dados curiosos no ensaio recém findado. Um deles foi o bom desempenho da Toyota, que ocupou o oitavo posto com Timo Glock.

A Honda, por sua vez, mostrou que está mesmo entre as candidatas a ocupar a rabeira. Button foi o 11º e Barrichello o 15º. Só que se Heidfeld, Coulthard, Bourdais, Piquet e os dois pilotos da Williams tivessem feito apenas uma volta razoável, certamente teriam ultrapassado os corredores do time japonês. Isso significa dizer que teriam superado somente as duas Super Aguri e Force Índia.

Sobre o brasileiro estreante, cometeu seu primeiro erro ao rodar e ficar parado na pista. É a pressão da estréia e também o momento certo para cometer os vacilos. Que abuse da cota agora para fazer uma bela atuação no treino oficial e na corrida.

Começou pessoal! Logo mais, à meia-noite, teremos a segunda sessão livre. Temos tempo, portanto, para olhar com cuidado a folha de tempos do TL1 e também conferir o resultado de nossa primeira enquete do ano. Na opinião dos blogueiros, dá Massa na pole-position. Será mesmo? Amanhã saberemos.

Aproveite também para palpitar na nova enquete!

1º Treino Livre:
1) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min26s461 (25 voltas)
2) Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1min26s948 (21)
3) Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min26s958 (25)
4) Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 1min27s114 (19)
5) Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min28s263 (18)
6) Fernando Alonso (ESP/Renault), 1min28s360 (22)
7) Robert Kubica (POL/BMW Sauber), 1min28s579 (12)
8) Timo Glock (ALE/Toyota), 1min28s913 (16)
9) Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso), 1min28s957 (22)
10) Jarno Trulli (ITA/Toyota), 1min29s014 (23)
11) Jenson Button (ING/Honda), 1min29s124 (25)
12) Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), 1min29s230 (24)
13) David Coulthard (ESC/Red Bull), 1min29s301 (5)
14) Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), 1min29s363 (32)
15) Rubens Barrichello (BRA/Honda), 1min29s533 (17)
16) Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber), 1min29s561 (7)
17) Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min30s155 (13)
18) Nelson Piquet (BRA/Renault), 1min30s357 (21)
19) Takuma Sato (JAP/Super Aguri), 1min31s048 (7)
20) Anthony Davidson (ING/Super Aguri), 1min31s771 (7)
21) Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 1min35s053 (3)
22) Nico Rosberg (ALE/Williams), sem tempo (3)

Resultado da enquete - Quem fará a pole no GP da Austrália?
1) Felipe Massa: 7 votos (41%)
2) Kimi Raikkonen: 6 (35%)
3) Lewis Hamilton: 2 (11%)
4) Fernando Alonso: 2 (11%)
5) Heikki Kovalainen: 0
6) Outro piloto: 0

Um comentário:

Bernardo Kirschner disse...

Pra mim 3 coisas foram bem marcantes:

- A superioridade da Ferrari

- O péssimo resultado da Renault

- A queda da Williams

Sobre o Nelsinho, nada além do esperado. Pagou mico e andou atrás. Um comportamento de estrante que só foi quebrado pelo Lewis Hamilton no ano passado.

O Rubens parece que vai pontuar esse ano, mas nada muito além disso.

A McLaren vai ser o grande rival da Ferrari. A Renault vai andar atrás deles.