quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Um número e nada mais

FOTO: MONTAGEM/FERRARI
Muito tem se falado sobre a numeração dos pilotos da Ferrari para a temporada 2009 da Fórmula 1: Kimi Raikkonen com o 3 e Felipe Massa, mesmo tendo ficado à frente do companheiro no último ano, com o algarismo maior, o 4.

Sinal de privilégio para o Homem de Gelo? Nada disso, trata-se apenas de um número. Credibilidade e preferências na briga pelo título, como nos últimos torneios, serão construídas na pista.

O que importa são os resultados, independente do numeral estampado na carenagem do carro. Lewis Hamilton deixou de ser campeão em 2008 por ostentar o 22 no bico de sua McLaren?

Vale lembrar que em 2007 Raikkonen estreou na Ferrari com o número 6, ficando Massa com o 5, e conquistou seu primeiro título mesmo assim. O 12 de Ayrton Senna em 1988 também não criou nenhuma barreira para o brasileiro derrotar o parceiro Alain Prost, que guiava a McLaren 11.

Com um algarismo par (2), Massa fez no ano passado a melhor temporada de sua carreira na categoria. Que use, pois, outro par para dar sorte na luta pelo cobiçado 1. Esse sim é importante; o resto é indiferente.

4 comentários:

TheOvniBoss disse...

se os numeros pares derem realmente sorte ao Massa e ele for campeão, não pode correr com o 0(zero)?

Felipe disse...

Putz, esse cara gosta de causar. Mas se bem que faz falta um número zero no grid. A única coisa bacana do Damon Hill. hahahaha

Thiago disse...

Mas a Ferrari não mudou a numeração e deu o 3 para Massa? Se não me engano isso saiu um dia depois da FIA divulgar os números...

Eduardo disse...

Pois é, a Ferrari disse isso. Mas pq então está treinando com o Massa 4 e Kimi 3?
Muito estranho