quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Saudade dos testes

FOTO: REPRODUÇÃO/LAT
As notícias não param, a expectativa pela nova temporada fica cada dia maior, mas carro na pista mesmo é o que menos se tem visto em 2009. Embora haja uma explicação plausível para isso — a redução de custos na Fórmula 1 aliada ao momento de crise econômica mundial —, é muito ruim conviver com um magérrimo calendário de testes.

Em janeiro houve apenas uma semana de treinos, que se dividiram em três circuitos da Europa (Valência, Portimão e Mugello). No ano passado, foram utilizadas apenas duas pistas no primeiro mês do ano (Jerez de La Frontera e Valência), mas foram registrados 13 dias de trabalhos das escuderias.

Para fevereiro, estão agendados 12 dias de atividades, a começar na próxima semana nos traçados espanhóis de Jerez e Barcelona, além de Sakhir, no Bahrein. Em 2008, foram 24 dias de testes e cinco circuitos usados (Barcelona, Fiorano, Jerez, Valência e Bahrein).

A limitação dos treinos, no entanto, tem seu lado positivo, já que as equipes não podem desperdiçar um segundo sequer, tornando as sessões bastante intensas. Não há mais espaço para as clássicas táticas de esconder o jogo para tentar uma surpresa na abertura do torneio. Diante das muitas incertezas quanto à nova F-1 e dos poucos testes, o jeito é sentar no carro e acelerar fundo.

Aos fanáticos, tenham um pouco mais de paciência, pois semana que vem já teremos novamente o ronco dos motores em ação.

Marque na agenda:

11 e 12 de fevereiro
Circuito de Jerez de La Frontera, Espanha.

11 a 13/16 a 19 de fevereiro
Circuito de Sakhir, Bahrein.

18 a 20 de fevereiro
Circuito de Barcelona, Espanha.

Um comentário:

Ylan Marcel disse...

Realmente, carros na pista, já! Fórmula 1 tem que ter mais ação.
www.motorizado.wordpress.com