quinta-feira, 1 de maio de 2008

Ídolo eterno

No dia em que são completados 14 anos da morte do inesquecível Ayrton Senna, recordemos algumas imagens que marcaram a belíssima trajetória do tricampeão na Fórmula 1.

Em dez anos na categoria, o brasileiro defendeu quatro equipes, conquistou três títulos mundiais, dois vices, 41 vitórias, 65 poles, 80 pódios, 19 voltas mais rápidas e 614 pontos em 161 corridas disputadas.

Saudades...

1983: O primeiro teste na Fórmula 1, com a Williams, no circuito espanhol de Jerez de La Frontera.

1984: Debaixo de chuva em Mônaco, no ano de estréia na categoria, conquistou o primeiro pódio ao chegar na segunda posição com o fraco carro da Toleman.

1985: Apesar do problema nos treinos, conquistaria em Portugal, a bordo da clássica Lotus preta, a primeira pole position e vitória.

1986: Apenas 14 milésimos de segundo de vantagem sobre a Williams de Nigel Mansell garantiram a Senna a vitória no GP da Espanha, em Jerez.

1987: Com a Lotus amarela, a primeira vitória em Mônaco, onde até hoje detém a coroa de Rei pelas seis proezas alcançadas.

1988: Campeão com a McLaren, após a vitória no GP do Japão, em Suzuka.

1989: O enrosco com Prost, em Suzuka, na luta para manter viva a esperança do bicampeonato.

1990: Novamente no Japão, o troco sobre o francês e o segundo título mundial.

1991: No ano do tri, a épica vitória no Brasil, com um carro que tinha apenas a sexta marcha nas últimas voltas do GP.

1992: A suada vitória em Mônaco, numa temporada que não teve chances de brigar pelo título.

1993: A fantástica primeira volta no molhado circuito de Donington Park, onde saltou da quarta posição para a liderança de forma espetacular.

1994: A última largada, no dia 1º de maio de 1994, em Ímola, com o bólido azul da Williams que tanto desejou pilotar.

Um comentário:

Luiz disse...

Grande Post! Parabéns!!