quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Preparado para o combate?

Ser piloto de Fórmula 1 não significa apenas sentar num monoposto e acelerar o máximo para chegar a vitória. Junto ao ofício existe uma série de cobranças e compromissos com os patrocinadores, que utilizam a imagem do corredor para venderem suas marcas. Vale tudo, ou melhor, Muay Thai no caso de Mark Webber nesta semana.

O australiano foi escalado pela Red Bull para uma aula de boxe tailandês lá em Cingapura, palco da 15ª etapa do Mundial. Não deve ter se preocupado muito com as técnicas da modalidade de luta, afinal seu esporte é outro. Mesmo assim, ele poderia se apegar um pouco mais à filosofia de briga, já que terá um páreo duro em 2009 com a chegada de Sebastian Vettel ao time energético.

Para um sujeito como Webber que quase sempre derrotou com facilidade seus companheiros de equipe — só perdeu em pontos para David Coulthard no ano passado —, será necessário um trabalho muito forte para encarar um jovem talento da categoria.

Ao contrário da época de Minardi e Jaguar, desta vez não será Mark o queridinho da escuderia. A tendência é que Vettel seja o prodígio da vez. Por isso, o australiano terá de usar mais artifícios do que um simples par de luvas para esta batalha.

Na briga indireta de 2008, Webber está atrás de seu futuro companheiro na classificação. Ele aparece em décimo com 20 pontos, três tentos a menos em relação a Sebastian, o nono colocado da tabela. Vettel já venceu corrida, enquanto Mark ainda sonha com a primeira.

Sem dúvida, promessa de boa briga (na pista e com luvas de piloto) na Red Bull para a próxima temporada.

Um comentário:

Rafael Gomide disse...

Vai tomar uma surra do Vettel no próximo ano. Com ou sem luvas...rs.