terça-feira, 17 de março de 2009

Mais vitórias = campeão

FOTO: DIVULGAÇÃO/FERRARI
Chega de constância, a ordem agora para quem desejar ser campeão na Fórmula 1 é vencer. O anúncio radical e histórico foi feito nesta terça-feira pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA): a partir deste ano, o título ficará com o piloto que mais vezes subir no degrau mais alto do pódio.

Uma alteração polêmica, mas que deve trazer boas doses de emoção. Imagine, por exemplo, se essa regra já valesse no ano passado, quando Felipe Massa e Lewis Hamilton chegaram à decisão, no Brasil, com cinco vitórias cada um.

Sem dúvida, o inglês da McLaren teria adotado uma postura muito mais agressiva para derrotar o rival. O brasileiro da Ferrari, por sua vez, é quem ficaria com o caneco de 2008, considerando o resultado final de Interlagos.

A mudança, no entanto, fica restrita ao Mundial de Pilotos. A campeã entre as construtoras continuará sendo a que obtiver mais pontos ao longo do torneio. Na prática, significa dizer que a constância não está morta por completo.

Ô ansiedade para ver esse campeonato rolar!

2 comentários:

Leonardo disse...

Lendo nos sites se isso fosse adotado antes.. Senna seria tetra e o piquet num ganharia nada...

Vai ser bom o campeonato ainda mais porque ninguem sabe das confiabiolidades dos carros. Apesar que se alguem for igual a 2004 num da nem graça. Tipo 5 vitorias seguidas ja era.

Anônimo disse...

Alguém ainda vivo nesse blog? Rs