terça-feira, 31 de março de 2009

Recuperação ou novo fracasso?

FOTO: DIVULGAÇÃO/FERRARI

Após a decepcionante atuação na pista de Melbourne, a Ferrari parte neste fim de semana para a tentativa de redenção no campeonato de 2009, num circuito em que costuma se sair quase sempre bem.

Basta dizer que em dez edições do GP da Malásia, a escuderia de Maranello construiu os melhores índices entre todas as equipes e detém praticamente tudo o que se possa imaginar: o maior número de vitórias, pole positions, pódios, quilômetros na liderança e pontos. Só não tem o recorde de voltas mais rápidas, pertencente à McLaren.

No ano passado, o time vermelho venceu facilmente a prova de Sepang com o finlandês Kimi Raikkonen, apagando com isso a má atuação da Austrália, onde havia obtido apenas um pontinho.

Neste ano, a Ferrari deixou o Albert Park sem um mísero tento e com o temor de uma avassaladora BrawnGP. O que esperar então da atual campeã de construtores em Kuala Lumpur? A princípio, que esteja mais forte em ritmo de corrida. Vencer? Talvez seja mais coerente imaginar um lugarzinho no pódio neste momento.

Um comentário:

Karin disse...

Oi... Li todas as matérias referentes à primeira etapa da F1 2009... Já te disse isso uma vez, mas digo de novo: adoro seu texto... Nem precisei ver treinos ou corrida pra ficar totalmente por dentro de tudo o que rolou, com riqueza de detalhes, sem que o texto tenha ficado enfadonho... Pelo contrário... muito agradável de ler!
Bjs
Ka